Diário Virtual

terça-feira, 24 de julho de 2012

Vivendo e aprendendo


O fato é que: todo mundo um dia erra;
Nós é que temos a mania de nos acharmos espertos demais e lembramos dos erros de todos, menos de nossos próprios erros;
O fato é que: todo mundo um dia se sente vítima;
Nós é que temos a mania de nos acharmos sempre donos das "verdades", lembramos de tudo o que fizeram conosco um dia, mas nos esquecemos do que fizemos aos outros;
O fato é que: todo mundo um dia fala demais;
Nós é que temos a mania de acharmos que todos falam de nós injustamente, mas e nós? Será que nunca falamos de alguém?
O fato é que: todo mundo se sente dolorido;
Nós é que temos a mania de acharmos que somos os únicos que sentem dores, mas quantas dores causamos nas pessoas a nossa volta?
O fato é que: todo mundo um dia pensa que tudo o que acontece consigo é injusto e que não merecemos a punição...
Nós é que temos a mania de não prestar atenção no que andamos plantando no passado e queremos colher só coisas boas no hoje;
O fato é que: pensamos que não temos amigos e que somos solitários;
Nós é que temos a mania de acharmos que somos os únicos que se sentem sozinhos, sendo que, quantas vezes negamos nossa presença a um amigo?
O fato é que: todo mundo um dia é falso demais;
Nós é que temos a mania de acharmos que as pessoas a nossa volta são falsas, mas esquecemos que também somos assim para com outras pessoas...
Tudo o que criticamos nos outros a nossa volta se reflete como nossa própria imagem no espelho;

Daniela Gomes De Almeida


Complexo sentimento




Tenho vivido dias em que o silêncio tem dito coisas que
eu jamais pensei que existissem dentro de mim mesmo;
Uma vontade grande de simplesmente sentar e ouvir
o som do coração falando...
Pela primeira vez está havendo uma cumplicidade da minha
alma com o meu intelecto...
Sinto-me vivo, mas imperfeito;
Sinto-me amado, mas louco;
Sinto-me feliz, mas incompleto;
Não sei como explicar o que há, mas algo mudou dentro de mim;
É como se uma complexidade tomasse conta de meus pensamentos,
e tudo o que eu pensei que fosse verdadeiro estivesse se desmoronando;
Ainda tenho brilho no olhar... penso que, enquanto esse brilho existir, também haverá ali uma esperança...
Sinto-me forte, mas perplexo;
Sinto-me orgulhoso, mas sensível;
Sinto-me sensato, mas confundido;

Daniela Gomes De Almeida