Diário Virtual

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Mesmice



Não me acostumo com o que é comum,
a mesmice não me atrai;
Gosto do novo, do que me surpreende,
de uma mensagem inesperada,
de uma notícia diferenciada,
de uma ligação fora de hora,
de gente capaz de surpreender a gente;
A rotina me mantém inquieta,

me aprisiona e me domina,
não gosto de pessoas previsíveis,
gosto do que é inovador,
do que não me deixa sossegada, do que me tira
da zona de conforto;
O que sempre acontece não me motiva,
a loucura sim me faz tirar os pés do chão,
percorrer o mesmo caminho todos os dias me irrita;
Gosto do novo, do que me surpreende,
do que a minha inteligência não está acostumada a contemplar;
do que a minha razão desconhece e do que o meu coração sente;

Daniela Gomes de Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário