Diário Virtual

domingo, 16 de outubro de 2011

Sob o Madeiro


Imagens e músicas nos levam a lugares fascinantes...
A canção que canto me leva ao encontro de imagens que refletem o teu amor...
Sob o madeiro estava escrito a tua morte, e a minha vida existente a partir do teu morrer por mim;
A tua morte é exatamente onde a vida se inicia...
O que a ciência não evidência o fato descreve!
Uma canção foi entoada, uma canção de vida através da tua vida entregue por nós!
Meus pensamentos vão de encontro aos teus e quando isso acontece compreendo que: o teu amor todos os dias se faz novo;
Sob o madeiro havia uma inscrição que deveria estar escrita como um marco na vida de cada ser: Morri para que hoje você começasse a viver!
Tu viste nossas transgressões, iniquidades e pecados e mesmo assim continuou a fazer o que ninguém mais faria...
Sob o madeiro estava o filho de Deus que se entregou a morte para nos presentear com a vida!
Todos os dias podemos contemplar o sol da justiça que nasce pela manhã que traz consigo a seguinte mensagem: Ressuscitei ao terceiro dia e o meu amor todas as manhãs se renova pela sua vida;
Um fato jamais visto, indescritível e incomparável...
Existimos não por nós mesmos, existimos pelo que estava sob o madeiro...
Jesus!
Jesus morreu a sua morte para que você pudesse viver a vida dEle;

Daniela Gomes de Almeida

Um comentário: