Diário Virtual

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Não vou parar


Repouso os meus sonhos em suas mãos...
Descanso em ti o meu coração;
Tudo me pode ser tirado nesta vida, mas existe algo que ninguém
me tira: o seu amor!
Olho em direção a todas as estradas, mas só consigo me firmar olhando
para os caminhos que tens pros meus pés...
Mesmo que por desfiladeiros eu passe...
Mesmo que a dor venha ferir-me...
Mesmo que o chão saia debaixo dos meus pés...
Eu repouso em ti os meus sonhos;
Por muito tempo vaguei sem direção...
Cai em meio a escuridão...
Mas, o teu amor foi tão grande...
Inexplicável o que sentes por mim;
Mesmo que a lua não brilhe mais e o sol não nasça ao amanhecer...
Mesmo que o céu se feche e torne-se como bronze...
Mesmo que a figueira não floresça...
Em suas mãos deposito meus sonhos;
Não há nada que possa me fazer parar de sonhar com os teus sonhos para a minha vida!

Daniela Gomes de Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário